Livro Grátis - Crise também é oportunidade de Recomeço - Pastor Marcio Junior

Livro Grátis – Crise também é oportunidade de Recomeço

Ebook As adversidades geram Oportunidades - José do Egito
Livro Grátis – As Adversidades Geram Oportunidades – Exemplos de José do Egito
12 de julho de 2020
Enfrentando gigantes
Livro Grátis – Enfrentando Gigantes e Conquistando vitórias
1 de agosto de 2020

Livro Grátis – Crise também é oportunidade de Recomeço

Ebook - Crise Recomeço

Exemplos da vida de Rute para a caminha Cristã

Clique no link para download.

Ebook - Crise Recomeço

I. A FOME E A EMIGRAÇÃO DE ELIMELEQUE. Rt 1.1-5.

E sucedeu que… (1). A palavra heb. wayehi liga possivelmente esta narração a outros acontecimentos já conhecidos (cfr. #Js 1.1). Em que os juízes julgavam (1). O julgamento destes, como vimos, podia ser apenas manifestado através de façanhas extraordinárias, como no caso de Sansão. Uma fome (1). O livro dos Juízes não faz referência a esta calamidade, nem a outras idênticas, se bem que fossem de admitir, já derivadas a causas naturais, já provocadas pelas invasões do inimigo (cfr. #Jz 6.3-6). Belém de Judá (1). Provavelmente assim chamada para a distinguir da Belém de Zebulom (#Js 19.15). Nos campos de Moabe (1). Em heb. sadhe significa “campo” ou “planície”. Não designa, portanto, toda a região, mas somente uma zona, talvez a sul do Arnom, por sinal, das mais ricas em pastagens. Recorde-se a descrição do “campo fértil” de Moabe, em #Is 16.10 e #Jr 48.33. Elimeleque (2) significa aquele “para quem Deus é rei”, enquanto o sentido de Noemi é “agradável”. Malom quer dizer “delicado” e Quiliom “fraco”. Efrateus (2). Efrata era o nome antigo de Belém (#Gn 35.19). Os quais tomaram para si mulheres moabitas (4). O Targum começa assim: “E transgrediram o mandamento do Senhor e tomaram…”. Na realidade não se proibia terminantemente o casamento com mulheres moabitas, mas apenas a recepção dos moabitas na congregação do Senhor (cfr. #Dt 23.3n). Orfa… Rute (4). São nomes moabitas que significam, respectivamente, “bondosa” ou “voltar as costas” e “rosa”. Embora não seja grande a diferença entre a língua moabita e a hebraica (veja-se 2.8n) chega contudo para impossibilitar uma tradução certa. Rute era esposa de Malom, talvez o filho mais velho (#Rt 4.10). O Targum acrescenta que era filha de Eglom, rei de Moabe (#Jz 3.12), mas não é provável. E morreram… Malom e Quiliom (5). Não há razão para se atribuir a morte destes jovens a castigo, em virtude de terem trocado a Terra da Promissão pelos vales de Moabe. Os seus nomes, “definhamento” e “consunção” -ou podem ser ecos da fome que assolou a terra, ou podem descrever a frágil constituição física destes homens.

F. Dvisdson





Moody

Creio que você vai gostar também do E-book Apresentando ao Senhor Nossos Questionamentos

Até a próxima! Que Deus te abençoe.

Siga-me nas redes sociais:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *