O desenvolvimento da comunicação criativa nas igrejas -

O desenvolvimento da comunicação criativa nas igrejas

5 Livros que todo cristão deveria ler!
20 de agosto de 2019
Uma escolha a ser feita
Uma escolha a ser feita
3 de setembro de 2019

O desenvolvimento da comunicação criativa nas igrejas

O desenvolvimento da comunicação criativa nas igrejas

Comunicar-se é preciso! Comunicar-se efetivamente é melhor ainda, comunicação criativa nas igrejas é uma ferramenta importante para o ministério.

E comunicar-se com criatividade em um ambiente colaborativo é excepcional! A comunicação criativa nas igrejas é o tema abordado por esse artigo e certamente será uma benção para sua igreja.

Ninguém faz absolutamente nada sozinho. E na igreja essa verdade ganha ainda mais força porque fazemos parte do mesmo Corpo e cada um possui uma diferente função.

Para que a comunicação da sua igreja seja realizada de forma criativa é preciso desenvolver uma atmosfera de criatividade entre os membros e líderes de ministérios. 

A criatividade vem de uma série de combinações de ideias que geram outras, geralmente melhores e mais eficientes. Desenvolver a criatividade na igreja vai além da comunicação do dia-a-dia.

Isso porque apenas comunicar-se sem o propósito te ter ideias diferentes e inovadoras pode gerar uma igreja monótona, sem vida, apenas que se arrasta e espera pela volta do Senhor sem realmente causar impacto em sua geração.

Já parou para pensar que se Deus é Vida e Ele habita em nós, então devemos conduzir nossas vidas e igrejas com esse gás da criação?

A criatividade é um gás fundamental na condução das atividades ministeriais, pois ela traz a dinâmica das atividades e tudo o que é realizado se torna mais bonito, colorido e cheio de ação. 

Nosso Deus, Elohim, criador de todas as coisas, nos traz abundância de recursos e belíssimas paisagens que despertam todos os nossos sentidos e nos causam admiração. 

Sendo nós imagem e semelhança desse Deus carregamos, em nosso DNA a habilidade de combinar ideias e criar. 

Muitos pastores e líderes permanecem com o seguinte questionamento: Como alcançar mais pessoas para o Reino de Deus? Como realizar atividades que levem as pessoas a realmente se comprometerem com a obra? Como inovar sem se assemelhar ao mundo ou distorcer qualquer princípio?

A verdade é que se você está aqui nesse artigo é porque anseia pelo desenvolvimento e crescimento da sua igreja, não apenas em números ou em tamanho, mas também em qualidade.

O poder das metáforas

Uma frase atribuída a Albert Einstein diz: 

Se você não consegue explicar para um criança de seis anos é porque você mesmo não entendeu. 

Usar as metáforas para explicar aquilo que você quer passar é uma das formas de desenvolver a sua criatividade e aguçar o instinto criativo das pessoas. 

As metáforas alinhadas à identidade do seu ministério e o senso de propósito servirão de terra fértil para uma igreja mais consolidada. 

Jesus ensinava por parábolas, que nada mais são do que metáforas – ideias que fazem alusão a outras. 

Use e abuse das metáforas pois elas irão alcançar tanto os jovens quanto os velhos. Tanto os novos na igreja quanto os antigos. 

Passar a mensagem da Palavra em diferentes maneiras e formatos é uma excelente maneira de começar a desenvolver a criatividade. 

A missão foi dada pelo mestre: Ir e fazer discípulos por todo o mundo. 

A igreja deve produzir um trabalho criativo e de excelência voltado a impactar e mudar vidas.

E as estratégias estão aí e são simples, porém muitas vezes não praticadas. 

Acompanhe algumas premissas básicas da comunicação criativa nas igrejas:

  1. Ore e pense em tudo antes de começar a executar para entender a direção do Espírito Santo para as atividades. Sempre
  2. Tenha momentos nos quais a equipe de líderes possa compartilhar todas as ideias para os ministérios que tiveram, deixando o espaço livre para falarem. 
  3. Busque por referências cristãs diferentes das que está acostumado. Nada se cria, tudo se transforma! 
  4. Crie a cultura da troca de ideias na igreja. 
  5. Escute atentamente a opinião dos outros, deixe que as pessoas tenham a própria voz.
  6. Tenha ideias de estar em contato com o público da sua igreja por meio das redes sociais, grupos e canais online. 
  7.  Interaja periodicamente com pastores e líderes de outras denominações, e não tenha medo de copiar e adaptar para a sua igreja.
  8.  Enxergue os problemas como oportunidades! 
  9.  Faça mais perguntas abertas? Em vez de dizer ou aceitar frases como “Não será possível fazer isso”, incentive as pessoas ao seu redor a responder “Como podemos fazer isso?”.
  10.  Ouse nos projetos! Seja diferentes e impactantes!

Somos o sal e a luz do mundo, sem criatividade e ousadia será difícil deixar nossas marca no mundo. Acredite e faça acontece!

E na sua igreja já tiveram ideias sensacionais?!  Conte-nos como isso ajudou no crescimento do seu ministério!

Você também pode gostar do artigo Gestão Canva para ministérios

Até a próxima!

Pr. Márcio Júnior

Siga-me nas redes sociais:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *