Como fazer uma pregação bíblica - Pastor Marcio Junior

Como fazer uma pregação bíblica verdadeiramente

Medo de falar em publico
12 Dicas para vencer a timidez ao falar em público
13 de novembro de 2019
pregando pela primeira vez
Tudo o que você precisa saber para pregar pela primeira vez
22 de novembro de 2019

Como fazer uma pregação bíblica verdadeiramente

Pregação Bíblica

Vamos falar um pouco sobre os conceitos e definições da pregação bíblica.

Antes de qualquer coisa​ é necessário entender que pregação e oração andam juntas. Nos próximos artigos abordaremos o tema da oração mais detalhadamente. Nesse momento faremos uma pausa breve para uma oração sugerida por mim:

“Senhor amado, me propus a estudar esse método para te servir melhor, que o teu Espírito Santo nos conduza durante cada etapa e que nada me impeça de concluir esse estudo.  Que cada mensagem que eu pregue seja um instrumento nas tuas mãos para transformar vidas pelo poder da Tua Palavra.

Amém”. 

Nossos objetivos são os seguintes

  • Destacar as quatro palavras mais usadas na bíblia para Pregação 
  • Entender o que é Pregação Bíblica
Aprenda a pregar

Como Stuart Olyott (2008:13-14) já mostrou, o Novo Testamento usa mais de sessenta maneiras diferentes para descrever a pregação, porém reserva um lugar especial para quatro palavras.​

Elas são a melhor forma de sintetizar de maneira clara o que a pregação significava para os autores bíblicos. Usaremos aqui a forma verbal dessas palavras, mas sem ignorar toda a família semântica delas.

Por exemplo, kerusso significa “pregar”, mas ela inclui também kerygma  que significa “a mensagem pregada” e até keryx que significa “um arauto”.

Kerusso

Está é a palavra mais importante do NT no que tange a pregação! É usada mais de 70 vezes! Significa “declarar, como o faz um arauto”! Pense no soberano que declara sua mensagem ao povo através dos arautos. E duas características são importantes aqui:

·  A mensagem era transmitida de maneira exata!

·  O pregador não falava em sua própria autoridade.

Palavras da família kerusso são usadas para descrever, por exemplo, a pregação de Jonas (Mt 12.41), João Batista (em Mt 3.1) — como também de nosso Senhor Jesus Cristo (usando as palavras “proclamar” e “apregoar” em Lc 4.18b-19) e ainda dos apóstolos (usando a palavra “pregação” em 1Tm 2.7 e 2Tm 1.11).

Euangelizo

É desta palavra que temos a palavra “evangelizar”. No grego esse verbo significa “trazer boa notícia”. Ele aparece em Lucas 2.10 (quando o anjo diz a Maria que traz boas novas). Ele também ocorre em outras passagens do NT com esse sentido.

Martureo

Esta palavra significa “dar testemunho dos fatos”. Isso não significa contar uma experiência pessoal. Na Bíblia martureo nunca é usado nesse sentido! Mas sim geralmente como “dar testemunho no tribunal”, ou como no sentido de “invocar Deus”, ou até mesmo pedras, para dar testemunho de algo.

Por exemplo, em Jo 4.39 a samaritana deu testemunho dele ( martureo) quando relatou o conteúdo da conversa que teve com Jesus. Outro exemplo é 1 João 1.2 onde o apóstolo diz “damos testemunho” se referindo ao que ele vira e ouvira. O próprio Paulo usou essa palavra apelando a um testemunho, na ocasião, diante de uma corte em Atos 26.5.

Didasko

Seguindo Olyot ainda, aprendemos que didasko significa “pronunciar em termos concretos o que a mensagem significa em referência ao viver”. Ela também aparece traduzida como “doutrina” às vezes.

Antes de qualquer coisa é importante frisar que é um erro separa kerusso de didasko como se no NT fossem coisas diferentes. Como se houvesse uma mensagem do tipo kerusso, uma mensagem mais “evangelística” e outra do tipo didasko, uma “mensagem doutrinária”.

Isso fica claro lendo, por exemplo, Atos 5.42 onde os apóstolos não cessavam de “ensinar e pregar” (didasko e euangelizo). Em Atos 28.31 lemos que Paulo usou sua casa em Roma para pregar e ensinar (kerusso e didasko). Por último leia Atos 20.24-25 onde Paulo explicou aos efésios que dar testemunho (martureo) do evangelho que ocorreu enquanto ele pregava (kerusso).

Afinal, o que é pregação Bíblica?

A pregação, de acordo com as palavras usadas para defini-la na escritura, é simultaneamente quatro coisas, são elas:

  1. Proclamar a mensagem do Rei (kerusso) — que demonstra a fonte e a autoridade da mensagem
  2. Anunciar as boas-novas (euangelizo) — que fala sobre a qualidade da mensagem
  3. Dar testemunho dos fatos (martureo) — que fala da natureza e da base da mensagem
  4. Esclarecer as implicações (didasko) — que fala sobre o alvo (a mente e o coração do ouvinte) e as consequências (no ouvindo que crê e aceita)

Cremos que até pregadores experientes vão se surpreender com a forma como as Escrituras veem a pregação!

Quero sugerir o artigo 12 Dicas para vencer a timidez ao falar em público , porquanto acredito que você tenha interesse por esse tema também.

Pastor Márcio Júnior

Siga-me nas redes sociais:



2 Comments

  1. […] Sendo assim, agora que você descobriu como pregar pela primeira vez. Comente logo abaixo! Você também vai gostar do artigo Como fazer uma pregação bíblica verdadeiramente […]

  2. […] Você também vai gostar do artigo a seguir Como fazer uma pregação verdadeiramente bíblica […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *